Como aumentar a testosterona de maneira natural

Como aumentar a testosterona de maneira natural

O estilo de vida tem um impacto significativo na produção de testosterona. Ao mudar seus hábitos e seguir algumas dicas essenciais, você pode recuperar a produção de testosterona do seu corpo.

Confira a seguir sete maneiras de aumentar sua produção de testosterona naturalmente

1# Treinamento físico

O mais eficaz aqui é um treinamento intervalado de alta intensidade. vários estudos demonstraram que sessões curtas de treinamento com pesos ou com intervalos de 20 a 40 minutos estimulam muito bem o metabolismo. Após treinamento intensivo, um aumento no nível de testosterona de até 40% no sangue pode ser medido.

Treinamento com intervalos, que podem ser realizadas em casa têm um efeito muito positivo produção de testosterona.

Como iniciante, você pode iniciar treinos com intervalos mais curso e aumentar lentamente os intervalos.

Importante: Não exagere no treinamento. Se você não se exercita há muito tempo ou está acima do peso, deve aumentar seu programa de exercícios lentamente e procurar atendimento médico com antecedência.

Nota: Treinamentos longas de resistência, como treinamento para a Ultra Maratona, levam ao efeito oposto, ou seja, uma redução na produção de testosterona. Embora esses homens bem treinados geralmente também tenham músculos bem desenvolvidos, eles podem sofrer de uma deficiência de testosterona com os sintomas correspondentes.

2# jejum

Ao reduzir a ingestão calórica diária, você também pode aumentar naturalmente seus níveis de testosterona. Se você não consumir carboidratos a partir das 18:00 da noite – ou seja, se você se abstém principalmente de alimentos que contenham açúcar e farinha branca – você terá vários efeitos positivos. Por um lado, isso aumenta significativamente seu nível de testosterona nas primeiras horas da manhã. Por outro lado, uma ingestão reduzida de calorias garante que mais hormônios do crescimento sejam liberados. Estes proporcionam uma regeneração das células do corpo e estimulam o crescimento muscular.

3# Redução da circunferência abdominal

Homens que têm uma circunferência da cintura superior a 94 cm, podem aumentar sua produção de testosterona diminuindo a chamada gordura ruim da barriga (gordura visceral). Isso ocorre porque a gordura abdominal visceral converte o hormônio testosterona no hormônio feminino estradiol. Quanto menos tecido adiposo visceral você tiver, menos testosterona será convertida em conformidade.

4# Nível de vitamina D

Estudos científicos recentes mostraram que níveis muito baixos de vitamina D no sangue também podem levar a uma redução nos níveis de testosterona. A luz solar pode causar um aumento nos níveis de vitamina D. Além disso, a ingestão de comprimidos de vitamina D leva, na maioria dos casos, a um aumento significativo da testosterona natural.

Alguns produtos como LibdGel possui vitamina D na sua composição e pode ajudar você a aumentar seus níveis de testosterona. Veja onde comprar o Libidgel.

5# Estresse é um assassino de testosterona

Sob estresse, você libera o chamado hormônio do estresse cortisol. O cortisol garante que você tenha mais energia a curto prazo. No entanto, também é um tipo de antagonista da testosterona e, ao mesmo tempo, prejudicial ao seu sistema imunológico. Ao reduzir o estresse, os níveis de testosterona geralmente aumentam em pouco tempo.

6# Gorduras saudáveis

A molécula de testosterona consiste bioquimicamente de uma fórmula gordurosa. Portanto, a ingestão de gorduras saudáveis, como nozes ou abacates, é importante para o seu equilíbrio de testosterona.

7# Bom sono

Um sono bom é importante para o seu equilíbrio de testosterona. A privação do sono causa uma diminuição significativa da testosterona, mesmo em homens jovens saudáveis. Se você acordar de manhã cedo, seu nível de testosterona é mais alto.

Extra# De que outra forma o nível de testosterona no sangue é afetado?

O tecido adiposo abdominal visceral converte o hormônio rei masculino no hormônio feminino estradiol, sendo o responsável por isso é a enzima aromatase. Mas como a nutrição natural pode ser usada para reduzir a atividade dessa enzima?

Uma opção é consumir grande porções de brócolis, couve-flor ou repolho no almoço. Ele contém fitoquímicos, como o indol-3-carbinol. Outros vegetais crucíferos ou vegetais de folhas verdes, como espinafre ou couve devem ser inseridos a sua alimentação. Com esses inibidores naturais da aromatase, você está definitivamente no caminho certo.

A maioria das nozes também é rica em ácidos graxos insaturados simples. É ideal comer cerca de 200 gramas de avelãs, amêndoas, castanha do Brasil, castanha de caju ou amendoim durante todo o dia! Se você decidir usar nozes como um lanche, prefira produtos sem sal. A ingestão de sal não precisa ser aumentada desnecessariamente.

Agora chegamos à maior arma secreta que realmente aumenta a testosterona biologicamente ativa: farinha de aveia. Existe um certo composto na aveia chamado avenacosídeos. Isso resulta em ter mais testosterona biologicamente ativa!

Portanto, é melhor consumir uma tigela pequena de aveia todas as manhãs, pelo menos cinco vezes por semana. Além disso, a ingestão de óxido nítrico, presente na aveia é necessário para a ereção mais potente. Isso é importante para que os vasos sanguíneos sejam capazes de transportar sangue suficiente. É ainda melhor misturar nozes ou frutas com a aveia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*